Avançar para o conteúdo principal

falta de inspiraçao

cheguei à fase em que preciso de ópio na minha vida
parece triste mas é a mais pura verdade
a inspiração está cada vez mais inibida
quero um aditivo para enfrentar esta realidade
já não consigo cultivar em massa
estou a passar por um grande pesadelo
neste caminho já não ganho a taça
tenho de começar a dar no cogumelo
congelo o paleio mais belo, perco a giraça
quero dar um passo, estou a ficar sem graça coço o cabelo
estou a perder a categoria, perdi a sabedoria inata
o meu coração está em contradição entre o ouro e a prata
provas, jogas, usas drogas, comprovas que ela mata
mesmo assim não paras de a usar, pensas que te está a inspirar, daqui a nada és lata
queres alcançar o estado de espírito nirvana?
nenhuma droga te leva a esse nível
lembras-te quando gostavas da Lana
pensavas que tudo era possível
nem escrevias nem pensavas em rimar
foi a pensar nela que fizeste o teu primeiro verso
nunca pensaste que irias amar tanto esta arte
neste ramo o teu pensamento fica bem, exerço
se não fosse aqui não seria em nenhuma outra parte
os teus sonhos eram sonhos traídos
Danae na TV era a lembrança mais pura
adorava os teus cabelos morenos compridos
da tua elegância e enorme postura
no amor sempre fui um sonhador, estupidamente inocente
o presente vem reflectir sabiamente o passado
se eu não mudar e continuar neste expoente
estou na merda, arduamente condenado

refrão

chegou o momento em que já nada tem sentido
é tudo uma enorme confusão o apelido deste refrão
foi construído com muita falta de inspiração


na segunda estrofe a cena continua
o aroma ainda tem o mesmo sabor
o mau génio não teme nem recua
está cada vez mais assustador
tem tanta força que parece uma grua
não me deixa funcionar, está a bloquear o meu interior
os versos não fluem como deviam fluir
estou entre a espada e a parede
se um dia conseguir daqui sair
é porque o álcool matou a minha sede
e libertou a parte poética que corre nas minhas veias
a inspiração voltará muito naturalmente
vou contar historias como as das antigas epopeias
serei Luís de Camões da época presente
na verdade esse ponto é uma falsa realidade
não estou nem nunca estarei neste pedestal
não possuo nem um décimo da sua qualidade
ele era mais que especial, eu sou apenas banal
não quero nem vou enganar ninguém
reconheço que tenho algum limite
mesmo que nunca nada saia bem
o meu espírito já mais se demite
sabem, falhar nunca será opção
esta palavra comigo não rima
eu apenas quero estar junto da perfeição
ou talvez um pouco mais acima
não é esta falta de inspiração
que vai dar cabo de todo o clima
o meu sonho agora é real
as substâncias estão a ficar compostas
já tenho a paixão fundamental
essa era uma das grandes respostas
que eu há muito tempo procurava
deu-me um enorme exercício
já tenho aquilo que me faltava
para tornar real o que parecia fictício


Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Dor Que Não Se Sente

É complicado sentir a dor que não se sente, Quando estavas do meu lado não me sentia tão ausente, Farto de estar encarcerado nesta prisão permanente, Suponho que a vida é um sonho com contornos de pesadelo, Se eu tivesse uma foice e um martelo construía o mundo mais belo. A vida não é perfeita e é feita a cada jornada, Gere a tua ira, não desistas tira a cabeça da almofada, Escuta a tua voz interior,vai a luta com a cabeça levantada
A alma calma muitas vezes é a mais apaixonada.
Com orgulho mantêm a tua humildade, És dono e senhor da tua vontade, Não aceites sem lutar perante está mediocridade! Acredita é possível manter o nível e vencer, É indiscutível que a missão parece impossível
Mas tens de acreditar na força do teu ser, És um homem de carácter e dignidade , A peça chave para o futuro da humanidade...
Não estou a brincar não quero ver-te sempre a sorrir,
Para uns aldrabar não é mentir O teu lema de vida é lutar e nunca desistir, 
Não serás nada quando a dor do teu interior …

Tudo Misturado

Água benta mágoa sangrenta, quem aguenta? A dor que o interior não sustenta, Se não existe? persiste inventa! Cala o otário que ao comentário comenta, Extraordinário! o infantário tem O berço precário que o representa.
Magoado fica agarrado ao terço,e Não percebe a magia do verso, A inocência é perversa, A incoerência deixou a cabeça imersa, A imersão de cada palavrão, Palavreado? hoje foi feriado, Amanha esta tudo acabado... Seguro já não esta assegurado Morres se não estiveres apaixonado!
Amas mulheres arrefeces esqueces Alguns traumas, alguns dramas, que Assombraram a tua consciência, És fruto da ciência, que embate Fora do combate, contra a sapiência, Falência mental, frequência frequência, Valência incorporada enamorada pelo sinal.
Logicamente neste preciso instante, A mente loucamente, quer dizer algo interessante, Mas não o vai fazer, cai sai ao pai Que é feliz seja onde estiver, É melhor ir, sai agora, deste local Vai embora, se queres fazer a diferença, Alma feliz é aquela que não pensa. Da um abraço ao…

Sangue Impuro

Sangue impuro estas em apuro
Houve um furo e juro,
Que não conheço a sua origem, tropeço no 
Regresso ao futuro, censuro
O homem maduro, que a violou por ser virgem.
No escuro sinto-me puro,
Encontro o que procuro,
Sou duro com aqueles que fingem.

Pé descalço é falso o brilho do trilho do teu sorriso,
Esta feito o aviso faz bom proveito,
Tento, deleito-me no momento preciso,
Quarto? eu parto de qualquer piso,
Farto do aparato faço o assassinato 
Sou um homem sem juízo!!
Penso imenso no que não preciso,
Lenço branco convenço o manco e no ar deslizo...

Sangue impuro?Representa a ementa
Que vai comandar o futuro,
O José foi inseguro!
António é a aposta,
Com a nova proposta
Domina a costa...
Cheio de vitamina quebrou o osso
Agora o vosso partido tem um novo rosto.

Uma outra expressão na narrativa,
Prisão preventiva,
Do Sócrates contaminou o posto, a imagem
Dominadora da sondagem
Agora pode ser uma miragem...
Justiça levantou a piça,
E finalmente ganhou coragem...
Ao que parece nada ficará a margem.

Neste momento raro nã…